Pular para o conteúdo principal
[04 de maio de 2009]

Estava vendo a minha "rede de amigos" no Orkut. É algo realmente interessante reunir num só espaço - mesmo que virtual - as pessoas com as quais você já teve contato. Não apenas para saber quem tem mais amigos, a questão é outra: é que as pessoas somem das nossas vidas.

Um pouco além de simplesmente bisbilhotar a vida alheia - e confesso que gosto de fazer isso de vez em quando - as pessoas somem de nossas vidas a tal ponto de se tornarem meras miragens em nossas mentes. Quando de reprente você se depara com uma lista de pessoas com as quais já teve algum tipo de contato, é como se suas memórias fossem cutucadas e algo vazasse.

As coisas que queríamos esquecer continuam lá, elas existiram, não foram ilusões. Vivemos tanto e tão pouco que fica difícil avaliar exatamente do que sentir saudades. Hoje estou aqui, usando meu tempo nessas palavras que sei lá quem lerá, amanhã falarei com sei lá quantas pessoas e assim tudo continuará igual. Quando eu der conta algo terá passado por mim, uma ventania forte mudará todas as coisas de lugar e minhas memórias me pregarão peças sobre o que realmente aconteceu.

Comentários