Pular para o conteúdo principal
[03 de julho de 2009]

Sou tão pequena, tão pequena que mal posso me conceber. Toda vez que penso um pouco apenas sinto que preciso correr e extrapolar o limite que me coloquei, como se o tempo estivesse se esgotando. Os dias me vão passando como uma pasta amorfa, e ainda sinto que preciso fazer mais. Mais o que, afinal? Que bela resposta eu teria se ela existisse.

Medo. Esse medo que pulsa no meio peito faz com que eu me sinta incompleta.

Comentários