Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2009

Eu Sou a Lesma

Eu sou a lesma
Ai que tristesma
Todos me sabem na noite
Meus caminhos trilhados
A lua revela no chão
Meu corpo mole sem cor
É minha única fonte
De ser lesma
É uma belesma
Disforme e nojenta
Cantar eu não posso
Mel eu não faço
Nem sonhos eu tenho
De ser borboleta
Em meu corpo está escrito
Você é a lesma
Minha dura naturesma
Me fácil derrete
Me queima inteira
Tão limpo tão simples
Com tempero de mesa
Ao sal me entrego
E de pronto ele me aceita
Pois sabe muito bem
Que sou-em assim mesma