Pular para o conteúdo principal

Pó Azia

Escrevou porque
Sou egoísta
Estou longe
De ser artista
Desenho letrinhas
Por diversão
Meu negócio mesmo
É fruição
Grande merda
A poesia
A arte é linda
E vazia
Não quero mudar
O mundo
Nem regenerar
Um vagabundo
Escrevo porque
Com sorte
Quem sabe eu vença
A morte
Depois de morta
E enterrada
De mim não sobre
Nada nada
Umas palavras no papel
De bolor
Causem algum tipo
De furor
Talvez encontrem
Uma escritora
De muitas mentiras
Uma inventora

Comentários

Tommy disse…
O.O
Incrível