Pular para o conteúdo principal

[25 de agosto de 2011]

Basta um pingo, um suspiro, um piscar e pronto: percebi que tudo o que me parecia perfeito começa a desmoronar. Dentro de mim como um muro alto, as bases já acertadas, a cor da tinta já escolhida e a ilusão. De um passo a outro e o espaço se transforma. Não como a venda que cai, já que nada foi desvendado, apenas uma realidade que se transforma diante dos meus olhos para depois se desfazer como areia.

A expectativa é uma loucura, uma conclusão de antes de começar, o medo e a vontade numa só palavra. A expectativa é um esperar errado, um esperar demais de coisa alguma sem pensar nas surpresas no caminho. Ser dono do próprio destino dá trabalho porque comandar não significa prever. Tudo que é terrível fica no silêncio, o medo puro nas coisas que não dizemos. A dor de dizer é bem menor que a dor de guardar.

Comentários

Anônimo disse…
Mylle, pra você:

expectativa

(para Mylle Silva)

resolvo perguntar ao dicionário:
me diga o que é afinal expectativa?
ele me responde imediatamente:
situação de quem espera
a ocorrência de algo, ou sua probabilidade de ocorrência
em determinado momento
então pergunto:
e se a situação não ocorrer
algo não é necessário?
(ele mudo)
se a probabilidade for remota
o momento não é propício?
(ele mudo)
acho que não vou perguntar
mais nada ao dicionário

(gerson carvalho)