Pular para o conteúdo principal

[06 de outubro de 2011]

Tudo que me cerca
Com força imensa me invade
O frescor da noite
Os grilos cantando
As folhas ao vento
As sombras, as formas
Luzes, cheiros, cores
Abro os olhos, tudo novo
Onde estou?
Uma realidade tamanha
Que dói encarar
Dia após dia
Além mar
Sacudir-se, desmanchar-se
Quebrar-se para descobrir
Os lindos pedaços que eu
Me negava ver
Ontem sofri, hoje não sofro mais
Apenas caminho e
Caminho e
Caminho

Comentários