Pular para o conteúdo principal

As pessoas corajosas na internet

Passei muito tempo escondendo o rosto enquanto escrevia, naturalmente por causa da timidez. Mas, de uns tempos pra cá, decidi me mostrar um pouco mais e comecei a assumir o eu ao invés de esconder o que estava fazendo. Apesar de adorar escrever na internet, muitas vezes esconder-se atrás de um outro nome ou se deixar bem escondido é uma saída: um apelido, um eu fictício, um ser virtual.

Escritores fazem isso desde o início dos tempos, assim como muitos outros artistas que usam pseudônimos ao invés de seus nomes do cartório. Eu mesma o faço. Mas o que quero dizer é que, a partir do momento que você se mostra como uma pessoa, com rosto, falando, se movendo, a recepção do que é dito se torna diferente. Afinal, é um ser humano, não um amontoado de material virtual.

Assim, ao mesmo tempo que pessoas com boas ideias se aproximam, outras que não tem nada melhor para fazer além de criticar também aparecem. A internet é um ótimo lugar para trocar ideias e se expressar, sem dúvida, mas muitos aproveitam o fato de serem anônimos para darem uma de corajosos.

Se eu escrevo, faço vídeos, produzo, é lógico que quero um feedback do que estou fazendo, sem sombra de dúvida. Mas gosto de comentários construtivos, que somem e não sirvam só pra encher linguiça. O problema não é dizer que não está bom, que precisa melhorar. O problema é como é dito.

Jogo fora todos os comentários que julgo ofensivos e não tenho nenhum pudor em dizer isso. Não quero limpar os comentários e só deixar os bons, só quero evitar que xingamentos se proliferem. Já notou que quando um começa a xingar outros aparecem? As pessoas se sentem incentivadas a fazer comentários imbecis quando percebem que é permitido.

Tudo que expresso na internet, de maneira pública, é o que eu expressaria pessoalmente, sem sombra de dúvida. Gostaria de saber se os corajosos da internet teriam a mesma coragem na vida real.

Comentários

Tai Yang disse…
Com certeza. Quanto mais personalizado, melhor! Mostrar o próprio rosto e nome agregado ao blog ou textos não é exibicionismo, mas, uma tentativa de aproximação com o leitor. Acho que as chances de criar boas relações através de um blog podem ser aumentadas assim. Parabéns pelo artigo!^^
Mylle Silva disse…
Oi, Tai,

Na época que escrevi esse texto eu realmente tinha uma trava em mostrar o meu rosto, assinar alguns de meus textos, mas hoje vejo que não preciso me segurar. Como você mesmo disse, aparecer como o autor dá muito mais credibilidade e confiabilidade ao leitor. :)