Pular para o conteúdo principal

O sonho acabou


Alguns podem pensar que é imaturidade, outros que é pura falta do que fazer, talvez uma ingenuidade forçada de alguém que nunca passou necessidade na vida, ou ainda mera preguiça de acordar todos os dias cedinho junto com as galinhas (alguém vê galinhas na cidade?), pegar o trânsito maldito de todas as manhãs, ouvir as notícias de sempre, promessas de governo, última festinha falida do BBB, quem o Neymar anda pegando, o quanto a gasolina vai subir e o último mês do IPI baixo chegando, uma bela chance para ter um carro novo, mudar de vida, estacionar ou descer do ônibus, ir para o trabalho, ficar lá sentado ouvindo um monte de gente falando com você sabe-se lá o que, e você torcendo para que todos fiquem longe enquanto você mata um tempo no Facebook para ver o seu feed de notícias melhor ainda, tanta gente feliz mostrando o quanto é feliz, o que comeu ontem, que filme viu, qual a última revolta compartilhada, a última petição assinada, os cães que precisam de abrigo, encontre um lar pra mim, sou tão lindinho, fecha essa janela e vai trabalhar, torce para que ninguém tenha notado, mas continua sonhando com aquelas roupas lindas que acabou de ver em uma propaganda qualquer, como eu queria me vestir como ela, mas ela deve ter tanto dinheiro para estar inteira com essa idade, você se remoendo de inveja pelo que a natureza não te deu e lutando para ter algo que nem precisa ter, suando a camisa, já é dia vinte e sete e o dinheiro acabou, só o cheque especial para salvar a vida nessas horas, tomara que o final de semana chegue logo, não aguento mais ser lembrada de que dia da semana é hoje, bom mesmo é quando tem feriado, mesmo que no fim do mês, gasto primeiro e ganho depois, essa é a lei, quem nunca fez isso que atire a primeira pedra, afinal sou grande e vacinado, faço o que bem quero com a minha vida, estudei tanto anos, tantas noites em claro para corresponder aos caprichos dos meus professores e mal sei se eles leram tudo o que escrevi, mas quem lê tudo o que escrevemos, as pessoas vão passando os olhos pelo texto, mal sabem o que querem saber, quanto mais o que não sabem, só sabem que precisam trabalhar para ganhar dinheiro e formar uma família e ter filhos e educá-los porque educação é a única coisa que fica, o resto é material e não precisamos de material, é o que sempre ouvimos quando somos pequenos, mas agora o que queremos mesmo é ter dinheiro para festa, roupas, carro e um celular para postar a foto do último prato chique que comemos.

Comentários