Pular para o conteúdo principal

Para Inspirar

Um hoje já caído e distante
Do meu estranho ser, leve o fugidio
Amontoando caixas cheias de ar
Para talvez usar depois
Anoitece e os sons se dissipam
Em forma de caos cintilante
O avião passa e deixa som de espaço
Abertas asas para quem só sabe voar
É preciso encher os pulmões
E inspirar a vida
Antes que expiremos o eu nosso
De cada dia

Comentários

Marilia Kubota disse…
gostei disso aqui:

Anoitece e os sons se dissipam
Em forma de caos cintilante

é uma imagem bonita.

bj